Os eleitores estão cada vez mais presentes no Facebook. Essa rede se tornou uma aliada essencial para o relacionamento do candidato com o eleitorado. É comum durante a campanha vermos políticos utilizando essa mídia para divulgar santinhos virtuais para auto promoção. A prática, além de poluir visualmente a timeline do eleitor, gera alta taxa de rejeição ao político, unlikes e unfollows.

O problema dos santinhos virtuais

A divulgação constante de santinhos virtuais com apenas imagem, número e uma frase “vote em mim”  mostra amadorismo e falta de estratégia de relacionamento. Essa atitude contribui para a construção de uma imagem ruim do candidato, pois o eleitor considera apenas poluição visual. Não se deve acreditar que mandar sua imagem com seu número para o maior número de pessoas terá algum efeito positivo.

Como utilizar o Facebook

Não utilize o Facebook apenas para a auto promoção. Além de ser uma prática comum entre candidatos, não é relevante para o eleitor. Lembre-se que você está na linha do tempo dele e precisa conquistá-lo. Publicar apenas mensagens eleitoreiras é ineficaz, já que muita gente dará unfollow na sua página.

O Facebook é um ótimo local para o candidato mostrar aos eleitores por quais causas luta e como pode mudar a realidade deles. Poste conteúdos relevantes, que mostrem que você compartilha das mesmas mazelas que seu público e que possui soluções reais.

Planeje o seu relacionamento. Cada vírgula postada pode gerar cenários negativos para a imagem do candidato. É preciso estar preparado para possíveis crises e ataques. A equipe de campanha deve ter uma estratégia de relacionamento, seja para prevenir/controlar uma crise ou dar mais voz a algum usuário.

Antes de qualquer ação em uma campanha no Facebook, é preciso identificar as necessidades específicas do candidato, realizar análises constantes da imagem do político e possuir uma equipe especializada em atrair potenciais eleitores pela internet. No SGP, montamos um plano para políticos com um pacote de marketing digital focado nessa atração de eleitores. Conheça clicando aqui.

Como transformar seus fãs em eleitores conquistados