O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, nos últimos dias, o calendário oficial para a eleição de 2016. Percebemos algumas mudanças em relação à última campanha, motivadas pelas alterações aprovadas no Congresso.

Veja o que mudou:

Início da campanha eleitoral

Quando: 16 de agosto de 2016

O período oficial em que é permitido aos candidatos “pedirem voto” será mais curto este ano, começando apenas em 16/08. Na última campanha, foi em 6 de julho.

DETALHE IMPORTANTE: Isso não significa que você não deva iniciar seu trabalho antes. Como mostramos neste artigo aqui, sua credibilidade com o público precisa ser construída com antecedência. Uma alternativa para isso é a Máquina de Atração de Eleitores. Clique aqui para conhecê-la.

Primeiro e segundo turno

Quando: 02 de outubro e 30 de outubro de 2016

O primeiro turno da eleição ocorrerá no dia 02/10, primeiro domingo do mês. Em cidades com mais de 200 mil habitantes, o segundo acontecerá no dia 30/10. Em ambos os dias, a votação começará às 8h e terminará às 17h.

Prazo de filiação aos partidos

Quando: 16 de março de 2016

Agora, os candidatos podem se filiar a um determinado partido até seis meses antes do início da campanha. Esse tempo diminuiu, já que, ano passado, esse procedimento era possível até doze meses antes da eleição.

Propaganda no rádio e na TV

Quando: 26 de agosto de 2016

O tempo de de propaganda eleitoral no rádio e na TV caiu de 45 para 35 dias. Ano passado, os anúncios começaram no dia 19 de agosto.

Convenções partidárias

Quando: entre 20 de julho e 5 de agosto de 2016

Este ano, as convenções partidárias para escolha oficial dos candidatos ocorrerão mais tarde. Na última eleição, elas ocorreram entre 10 e 30 de junho.

Clique aqui para ver o calendário completo divulgado pelo TSE.