Conforme abordamos no último artigo, controlar as visitas feitas aos eleitores é parte fundamental de qualquer campanha ou mandato. Além disso, esse momento é uma grande chance de captar dados preciosos.

Afinal de contas, conhecer seus eleitores é fundamental (falamos sobre isso nesse eBook). Captar e registrar o máximo de informações é essencial nesse processo, já que esses dados também servirão para você segmentar seu banco de dados. Mas o que captar em cada visita?

1) Nome e dados de contato

O primeiro passo (e mais importante) é captar as informações essenciais para identificar e se comunicar com aquela pessoa no futuro. Além do nome, três dados são importantes aqui: email (para campanhas de email marketing), celular (SMS) e endereço (para correspondências ou futuras visitas).

2) Alguns dados profissionais

Essas informações podem ajudar em segmentações futuras e até mesmo em algumas estratégias da sua equipe de comunicação. Imagine que vocês queiram parabenizar os professores no dia 15/10. Ter o campo “profissão” preenchido é essencial nesse caso, já que você poderá utilizá-lo para filtrar sua base e disparar um email.

3) Hobbies e grupos sociais

Outro ponto interessante é identificar os hobbies e a quais grupos sociais seu eleitor pertence. Imagine, por exemplo, que você tenha uma atuação forte entre os evangélicos. Neste caso, é interessante identificar a igreja específica que ele frequenta. Assim, você poderá, futuramente, criar uma lista apenas dos integrantes da Igreja Batista e personalizar a comunicação.

4) Algum problema que o eleitor esteja enfrentando na sua região

Algo bastante comum durante a visita é o eleitor alertar o político para algum problema da região. É imprescindível registrar essa solicitação, para que uma resposta possa ser dada posteriormente (mesmo que negativa). O SGP tem uma funcionalidade específica para isso.

Aliás, o SGP não tem apenas essa funcionalidade, mas uma série de soluções que mudarão a forma da sua campanha ou mandato. Clique aqui para fazer um teste grátis.


Banner do eBook sobre campanha eleitoral