Atualmente o WhatsApp é o maior aplicativo em termos de troca de mensagens do mundo, com mais de 2 bilhões de usuários. Além disso, é do WhatsApp o primeiro lugar no ranking mundial de usuários ativos por mês, que leva em conta celulares Android e iPhone (iOS).

Só no Brasil, o número de usuários na rede social ultrapassa a marca de 130 milhões de pessoas, sendo o aplicativo mais usado pelos brasileiros em 2019.

A novidade este ano é que o aplicativo está mais próximo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e agora conta com um canal verificado do órgão para eleitores tirarem dúvidas e receberem orientações usando o próprio aplicativo de mensagens.

Muito utilizado durante as eleições presidenciais de 2018, a ferramenta pode ser muito relevante para a campanha de um político. Mas deve ser usado com cautela. Nesse artigo te explicaremos sobre como utilizar o WhatsApp da melhor maneira para a campanha eleitoral 2020.

Compartilhamento de Spam

SPAM é uma sigla para o termo Sending and Posting Advertisement in Mass. Que, em uma tradução livre significa “enviar e postar publicidade em massa”. Ou seja, é uma mensagem eletrônica que chega ao usuário sem a sua permissão ou sem seu desejo em recebê-lo.

Desde 2019 os disparos de mensagens eleitorais em massa são proibidos pelo TSE. Além de ser proibido, é também uma atitude que pode ser um tiro no pé, pois ninguém gosta de receber dezenas de mensagens a todo o momento e isso pode acabar cansando e irritando o eleitor. Então, nada de mandar várias mensagens que não foram solicitadas ou para quem não te passou o número de contato!

Notícias falsas

O WhatsApp é um dos canais que permite que o político esteja em contato direto com seus eleitores. É uma boa forma de o povo conhecer melhor quem e em quais propostas irá votar. Compartilhar notícias falsas, além de ser um comportamento irresponsável e perigoso, também pode manchar a imagem do candidato. Em tempos de internet, as notícias falsas são facilmente disseminadas, mas também podem ser facilmente verificadas.

Por isso, antes de compartilhar qualquer informação com seu público, pesquise a veracidade da mesma. E isso também vale para o compartilhamento de informações em qualquer outra rede social, ok?

Conteúdo relevante

A ferramenta é ótima para a disseminação de conteúdo relevante para o eleitorado. Seja para educar a sua audiência com materiais ricos, seja para divulgar as propostas e passos da campanha eleitoral do candidato.

Uma boa maneira de entender o eleitorado e planejar a produção de conteúdo relevante é através das personas. Te explicamos como fazer isso neste artigo.

Grupos de apoio

Criar grupos no WhatsApp com a equipe do gabinete e grupos e lideranças que apoiam o político é uma ótima alternativa para agilizar a comunicação. Como citamos no tópico acima, é também um ótimo meio para a divulgação de vídeos, imagens e materiais de apoio que integrem a campanha eleitoral.

Neste tópico também é importante lembrar que as pessoas precisam autorizar a participação nesses grupos antes de serem adicionadas nos mesmos. Adicionar uma pessoa sem que ela tenha autorizado de antemão passa uma imagem desagradável e traz a sensação de invasão de espaço.

O SGP é um software para políticos que possui integração com o WhatsApp! Com apenas um clique você pode conversar com seu eleitor no aplicativo mais usado no país. Peça uma demonstração gratuita.