Os dias para as eleições municipais estão logo aí: no dia 15 de novembro acontece o primeiro turno. O momento decisivo está chegando e é normal que os nervos estejam à flor da pele nos últimos minutos do segundo tempo da campanha eleitoral.

Seja para reeleição ou primeiro mandato, é importante que a equipe e o candidato mantenham-se firmes para este período não seja uma catástrofe. Pensando nisso, separamos neste artigo alguns erros que podem ser cruciais e atrapalhar toda uma campanha de meses, ou até anos, de planejamento!

1. Não abandone as redes sociais

O uso das redes sociais deixou de ser um diferencial para se tornar quase uma obrigação dos políticos. Com grande alcance e engajamento, é possível estreitar laços com o eleitorado e falar diretamente com seu público. O contato mais próximo conta muito na hora do voto, então mais do que investir apenas em campanhas publicitárias, é importante continuar dialogando com seu público e até mesmo engajando novos possíveis eleitores.

Alimentar as redes sociais com conteúdo de qualidade, interativo e próximo é muito importante nesse momento, não devendo subestimar o alcance das redes sociais e seu diferencial no dia da eleição.

2. Evite polêmicas

Com o dia das eleições chegando, é comum surgir atritos entre candidatos ou eleitores. Por isso é importante manter-se firme em seus ideais e propostas e tomar todo o cuidado possível para não ter a campanha manchada nos últimos minutos do segundo tempo.

É muito fácil cair nas provocações com os ânimos a flor da pele. Em vez disso, foque na divulgação e no debate saudável sobre as propostas ou agenda, estando sempre atento às declarações na internet. Polêmicas nem sempre são boas e evitá-las para manter a campanha limpa e respeitosa é o melhor caminho.

3. Não prometa o impossível

As promessas fazem parte de toda campanha, é impossível fazer uma campanha política sem se comprometer ou assumir algum compromisso depois da vitória. Mas, isso não é desculpa para fazer o impossível e fazer uma promessa que você sabe que não poderá cumprir.

É essencial fazer propostas realistas e que possam ser cumpridas. O eleitorado cobra e não é desejo de nenhum candidato conquistar uma imagem mentirosa, mesmo depois de eleito, certo? Por isso, atente-se somente aos compromissos palpáveis e que poderão ser cumpridos durante o mandato.

4. Não fuja do planejamento

Se você está em uma campanha, provavelmente tem um planejamento bem definido há meses, certo? Portanto, não o subestime por medo ou desespero dos últimos dias antes das eleições.

Mesmo diante de muitas emoções, é importante manter-se centrado e firme nos seus ideais de campanha. Este pode ser o momento crucial para aquele eleitor que ainda possui dúvidas de qual candidato votar.

Então, confie nas suas propostas e no planejamento que, com certeza, foram bem esquematizados anteriormente! Se você gostou do nosso artigo e quer continuar aprendendo sobre o assunto, assine a nossa newsletter e receba conteúdos sobre marketing político diretamente no seu e-mail!