As eleições municipais aconteceram no último dia 15 de novembro. Com a agilidade das urnas eletrônicas, no mesmo dia, populações inteiras sabiam quais seriam seus prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Muitos candidatos que não atingiram número suficiente de votos podem agora fazer um balanço de sua campanha eleitoral e entender quais foram seus erros e acertos. Ao analisar a sua campanha, você consegue identificar o que poderia fazer de diferente? E o que deu certo para repetir no futuro?

Em 2024 acontecem as novas eleições municipais e daqui 2 anos estarão em disputa os cargos de presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador de estado e do Distrito Federal, senador, deputado federal, estadual e distrital.

Se você faz parte do grupo de candidatos que perdeu a disputa este ano, já sabe como enfrentará as próximas eleições? Neste artigo, te ajudaremos a traçar melhor os próximos passos e garantir uma boa candidatura para os próximos anos, seja ela municipal ou de cunho nacional.

Eleições gerais ou municipais?

Aqui começará o seu planejamento que definirá os seus próximos passos. Nenhuma campanha eleitoral bem sucedida se faz da noite para o dia e por isso é importante já identificar qual será seu objetivo. Para qual cargo e eleição você disputará nos próximos anos? Cabe aqui, estudar para qual cargo você deseja disputar e quais as competências necessárias para o mesmo.

Uma campanha bem feita e estruturada demanda tempo, se você pretende disputar as eleições municipais novamente, já vale voltar a trabalhar na mesma o quanto antes. Caso você prefira alçar outros vôos e pleitear uma candidatura em 2022, saiba que este é o momento para começar já a estabelecer estratégias para os próximos meses.

Comece a trabalhar na próxima campanha

A partir de agora, vamos tratar especificamente sobre as disputas municipais. Como falamos logo acima, seja qual for o seu objetivo, é necessário começar agora a trabalhar em sua próxima campanha.

O erro de alguns candidatos é subestimar o tempo, muitos acreditam que começar uma campanha eleitoral no ano da eleição já é mais que suficiente. Mas, ter um planejamento sólido requer tempo e quanto antes o candidato começar, melhor. Seja para seguir o planejamento com um pouco mais de tranquilidade ou para já ir, desde agora, cativando os eleitores, começar desde já é o melhor caminho!

Mantenha contato com os eleitores

Manter-se próximo das pessoas que te ajudaram durante a campanha ou deram seu voto de confiança nas urnas é extremamente importante. Manter-se próximo de quem já acredita no seu trabalho e cativar novas pessoas é uma tarefa constante.

Essencial, inclusive, deixar claro para essas pessoas que você não se lembra delas apenas quando precisa dos votos durante os períodos eleitorais. Ir entendendo as necessidades do seu público e correspondendo a elas é fator crucial para montar uma base sólida de eleitores.

Se você pretende ter uma boa gestão de gabinete parlamentar com uma rotina bem estruturada e organizada, vale a pena investir em ferramentas com esses sistemas disponíveis.

O SGP, nosso software eleitoral, pode ser crucial para que você tenha uma campanha simplificada e organizada. Nele, você conta com várias ferramentas que te ajudam desde a organização até a manutenção de uma relação mais próxima com seu eleitorado.

Se você se interessou pelo assunto, entre em contato conosco e conheça um pouco mais do nosso software de gerenciamento para políticos e candidatos!