O ano de 2021 oficialmente começou. Apesar do ano difícil que foi 2020, esta fase de inspiração e recomeço pode ser muito bem aproveitada para colocar as metas e objetivos em pauta. A organização, somada a um bom planejamento, pode ajudar muito neste novo ano que se inicia.

Em contrapartida, apenas inspiração não é o bastante para realizar seus objetivos. Você sabia que 80% das metas de planejamento para o ano novo fracassam? Por que isso acontece?

Muitas pessoas estabelecem metas muito ambiciosas e cheias de mudanças drásticas. Com um alto nível de dificuldade, fica fácil entender o porquê muitas pessoas desanimam ou desistem ainda no início.

Pensando isso, iremos elencar nesse artigo 5 dicas para planejar melhor o ano e não desistir das suas resoluções de ano novo já no primeiro trimestre. Vamos lá!

Estabeleça metas reais

Como dissemos acima, criar objetivos muito audaciosos pode fazer você desanimar. Pode até parecer desanimador agora, mas estabelecer pequenas metas semanais ou mensais pode te ajudar a se manter no ritmo e empolgado com seu objetivo.

Primeiramente, estabeleça todas os seus objetivos e, em seguida, como você deve trabalhar para alcançá-las. Trabalhe com metas mais objetivas para que você possa se acostumar aos poucos com a organização e, assim, ter a satisfação de concluir o que quer!

Faça um planejamento

Já falamos que é normal que as pessoas criem metas genéricas e que isso pode atrapalhar o seu processo. Por isso, um planejamento é imprescindível para você chegar lá. Metas concretas e visuais são muito melhores. Por exemplo:

Se seu objetivo é ser mais saudável, coloque no seu planejamento como você fará isso:

Começar a praticar um esporte: Qual? Quantas vezes por semana?

Comer mais saudável: Será necessário marcar consulta num nutricionista? Apenas fará substituições mais saudáveis? Mas, quais? Todos os dias da semana?

Trabalhe nas suas metas da maneira que funciona para você e siga um planejamento prático de pequenas metas que farão você chegar até uma meta maior.

Adeque seu planejamento

Ao iniciar uma nova meta, é normal que você se surpreenda com dificuldades ou facilidades para chegar ao seu objetivo. Tenha em mente que nenhum planejamento é estático e absoluto.

Sempre monitore seu planejamento e, quando necessário, faça adequações, aumentando ou diminuindo o tempo, ritmo ou jeito de cada etapa. Se de uma forma não deu certo para você, mude-a! Vá adequando da maneira como você achar que será melhor para cumprir a sua meta. Os seus erros serão essenciais para entender o que deve ser melhorado para ter cada vez mais sucesso e alcançar o seu objetivo sem precisar sofrer muito para isso.

Respeite seu processo

Mesmo fazendo metas mais concretas e reais, é normal ter um estranhamento no início. Ou, mesmo alcançando a meta, ela não ser como você imaginou que seria. Por isso, é importante respeitar seu processo e seu corpo/mente, sem usar o sucesso dos outros como régua para o seu progresso. Conhecer sua realidade e seus limites, sejam financeiros, físicos ou psicológicos, é crucial para evitar frustrações e dores de cabeça.

Todos são diferentes e possuem tendências e modos diferentes de fazer as coisas. O que funciona para um pode não ser o mesmo que funciona para o outro. O importante é utilizar suas experiências para entender o que funciona para você e como você pode alcançar seus objetivos!

Tenha as ferramentas certas

Utilizar as ferramentas certas para seguir seu planejamento deixa tudo mais simples. Caso necessário, invista em ferramentas que te auxiliarão no progresso das suas metas com muito mais eficácia. E, como resultado, você vai conseguir realizar muito mais.

Se uma de suas metas for fidelizar clientes ou realizar um bom ano em seu mandato político, saiba que o software para políticos pode deixar o serviço de gabinete mais visual, simples e garantirá um mandato ainda mais satisfatório. Fale diretamente com um de nossos atendentes!