Fundamental para todo e qualquer político que deseja comunicar melhor suas ideias e se mostrar mais acessível aos jornalistas, o media training é uma excelente estratégia para evitar que uma declaração feita a um veículo de comunicação seja mal interpretada.

Tratando-se de política, não é preciso nem dizer que uma fala mal elaborada pode dar margem para entendimentos negativos e, com isso, gerar uma crise difícil de ser contornada. Isso será ainda pior se a sua relação com a imprensa já não for boa. Dependendo do caso, ela pode causar mais danos que uma bomba atômica.

Pensando nisso, preparamos este artigo para falar da importância do media training para políticos. Não perca essa leitura em hipótese alguma!

O que é media training?

Para entender o que é media training, nada melhor do que a sua tradução: treinamento de mídia. Sob uma visão geral, trata-se de uma abordagem de ensino que visa preparar o indivíduo (não só políticos, mas executivos e artistas também) para se relacionar e se comunicar da melhor maneira possível quando em contato com um jornalista, seja em uma entrevista ou em uma mera conversa informal.

Por que ele é importante?

A importância de fazer o media training consiste, sobretudo, na sua enorme contribuição para um gerenciamento de crise, pois auxilia na resolução das possíveis adversidades que podem envolver a carreira política.

O ponto a destacar, nesse sentido, é que boa parte das crises se iniciam por conta das declarações equivocadas à imprensa. Também é normal que surjam quando o político se nega a atender os jornalistas.

Em resumo, esse treinamento de mídia engloba simulações de entrevistas, dicas de como se comunicar de modo estratégico (em frente às câmeras ou “em off”) e conversas sobre qual o papel da imprensa.

Quais são os seus benefícios?

Os benefícios do media training vêm do aprendizado adquirido durante o treinamento que ensina:

  • técnicas de locução e oratória;
  • com funciona a dinâmica jornalística;
  • qual a imagem que se deve passar;
  • como se portar na hora da entrevista;
  • como criar um bom relacionamento com os jornalistas.

Quais são as instruções básicas do media training?

Existem algumas instruções básicas para que o treinamento de mídia realmente funcione.

Domine o assunto

Procure se preparar para todos os tipos de perguntas, agradáveis ou não. Quando não souber as respostas, busque uma saída inteligente (considere essa possibilidade com antecedência).

Seja claro

Dê respostas diretas, utilizando frases curtas e evitando jargões e explicações muito longas.

Pratique

Mesmo que pareça estranho e até engraçado, o recomendo é simular situações de entrevistas com pessoas de confiança ou na frente do espelho. A prática é essencial.

Tenha cuidado com o que você diz “em off”

Fale apenas o que realmente se pode falar. As conversas “em off” podem se tornar uma grande dor de cabeça. Se o tema não pode ser divulgado, não conte!

Preste atenção à linguagem corporal

Lembre-se de que o corpo também fala! Gestos e movimentos podem tanto confirmar quanto contradizer o seu discurso.

Seja educado

Não se esqueça de que é você quem precisa da imprensa e não o contrário. Portanto, trate-a com educação.

Fale a verdade

Quando descoberta, uma mentira pode destruir não apenas a campanha, mas também a reputação de um político. Mentir nunca é uma boa saída, fale sempre a verdade.

Para concluir, é importante que você veja a imprensa como uma parceira, pois é ela que dará a oportunidade para que suas ideias se tornem conhecidas pela população.

Se gostou deste artigo sobre o media training, o compartilhe em suas redes sociais!


ebook banco de dados

Deixe seu comentário
Comentários desabilitados.